quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Daimoth - Inquisiton


E a Daimoth, banda oriunda da cidade de Timbaúba/PE, pouco tempo depois do lançamento de sua primeira ótima Demo, de nome “Shadow Empire”, solta mais um trabalho, agora recebendo o título de “Inquisition”. Tive a oportunidade de ver alguns shows da banda, nos quais foram apresentados novos sons que fariam parte desse segundo trabalho, e pude constatar em primeira mão que esse “Inquisition” superaria o já excelente trabalho de estréia. A confirmação veio ao colocar a nova Demo pra rolar, a qual é iniciada com uma sorumbática intro feita nos teclados e que recebe o nome de “Whisper of a Witch”, que logo dá espaço para a faixa-título, carregada de um sentimento sombrio, com Erickson “Nenzo” Dinoá e Rogério Pajé carregando nos riffs, inclusive alguns cavalgados, num som que mantém a proposta da banda, que é de fazer um Black Metal cheio de influências do velho e bom Heavy Metal, incluindo partes mais agressivas e rápidas com levadas mais cadenciadas. O novo baterista Tenilson acrescentou mais peso a banda e tem uma pegada certeira. “Fallen Angel” já chega com Tenilson arregaçando na bateria e com riffs disparando fúria pra tudo que é lado, variando novamente momentos mais extremos com partes cadenciados, pra não deixar nenhuma cabeça parada, e a inclusão dos teclados de C.E. Coca são sempre certas, pois apenas dão um diferencial ao som e nunca são usados em demasia, e criam climas bem sombrios ao som da banda, porém sem soar gótico ou coisas do tipo. Em algumas melodias esse novo trabalho do Daimoth me remeteu a bandas como Marduk e Immortal, mas o legal é que a banda tem cara própria, e fazer um comparativo entre a banda e outras que possam soar iguais é bem difícil. Ao todo são seis músicas, onde os músicos mostraram que estão afiados e prontos para alçar vôos maiores, inclusive o baixista Luciano, que cumpre bem o seu papel e o versátil vocalista Anderson, um dos destaques da banda. O trabalho é bem linear, mas uma música que eu sempre ouvia ao vivo e gostaria de ouvi-la num trabalho era a fudida “Nocturnal Terror”, a qual não me decepcionei ao ouvir. É uma música intensa, agressiva, rápida e mesmo assim possuidora de ótimas melodias, e pode ser considerada uma síntese de “Inquisition”. A banda só precisava dar uma maior caprichada na parte gráfica, que vem bem simples (com nome de músicas, formação e contatos), e eu gostaria de poder estar com as letras das músicas em mãos. No mais, uma excelente Demo, com uma gravação muito boa e que mostra a força do Metal interiorano de Pernambuco.

 

 
Por Valterlir Mendes

 

Contatos: A/C Erickson Dinoá. Rua Ferreira de Albuquerque, 40. Timbaúba/PE. CEP: 55.870-000.

Um comentário:

  1. Show dia 23 e 24 tem show aqui deles hein \o timbaúba-PE

    ResponderExcluir